Dormir é um desperdício?

Vou directo ao assunto: não suporto pessoas que dizem que “dormir é um desperdício de tempo”. Normalmente, quem o faz é aquela gentalha pretensiosa que diz isto para  passar a imagem de que tem uma vida muito atarefada, transmitindo a ideia de que o tempo em que estão acordados é tão importante para a evolução do mundo, que precisam de mais tempo ainda. Para mim, a única imagem que passa, é a de que são pessoas que não se sabem organizar o suficiente para realizar todas as suas tarefas num horário normal.

E depois esta gentalha vem sempre com o  “sabes que o Marcelo Rebelo de Sousa só dorme três horas por noite?”. Não, não sei nem me interessa. Tenho mais em que pensar. Aliás, se estes pedantes não perdessem tanto tempo a pensar em coisas como o período de sono do Marcelo – isso sim, um desperdício – se calhar tinham mais tempo para resolver os seus problemas num horário normal.

Mas vamos assumir que o Marcelo dorme três horas por noite. E então? Isso quer dizer que dormir apenas três horas pode tranformar-nos numa pessoa inteligente? Não me parece. É que se assim fosse, por esta altura, já algum dos pastilhados que eu conheço tinha descoberto a cura para o cancro.

E se dormir é um desperdício, então porque é que o fazem? Sempre que eu considero alguma actividade um desperdício de tempo, simplesmente não a faço. Porque é que não tentam ficar sem dormir? Força. Tentem não dormir durante uma semana ou duas e depois venham falar comigo. Isto se ainda me reconhecerem e não acharem que eu sou um panda magenta, que vem dum universo paralelo, e que está a tentar recolher todas as sementes de sésamo para transformar a Terra num carrossel gigante.

Claro que tudo isto também me irrita devido à função especial que o sono desempenha na minha vida: o sono é a minha religião. E para além de ser uma daquelas em que temos mesmo de ser praticantes – ou então não funciona – tem também algumas vantagens em relação às outras religiões.

Primeiro, não é preciso decorar textos idiotas, usar tapetes ou extrair pele do pénis. Nada disso. Basta dormir, que é algo que todos nós sabemos fazer muito bem desde bébés. Depois, para praticarmos esta religião, não precisamos de nos dirigir a uma casinha com pinturas e decorações específicas. Podemos praticá-la em qualquer lado: na cama, no chão, no banco de um comboio ou mesmo na sanita (sim, na sanita, quem já apanhou uma bebedeira a sério sabe do que eu estou a falar).

Mas a maior vantagem desta religião talvez seja o facto de que, enquanto uma pessoa a está a praticar, ser impossível para ela roubar, mentir, manipular, distorcer, ocultar ou enganar. Pois tudo isto são actividades que só conseguimos realizar quando estamos acordados. Por isso, da próxima vez que alguém me disser que “dormir é um desperdício de tempo”, vou assumir que essa pessoa é um traste e dar-lhe com um ferro na cabeça, só para ajudar a melhorar o mundo. Mesmo que corra mal e eu não a mate, pelo menos meto-a a dormir.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: